"ENCONTRO"

Carlos Guilherme & Anabela

Em actuações a solo, ou em fabulosos Duetos no Espectáculo designado ENCONTRO”, em que acompanhados por formação musical ao vivo, interpretam alguns dos maiores êxitos da Canção Portuguesa, já editados em CD com o mesmo nome do Espectáculo.

Dos espectáculos fazem parte grandes sucesssos nacionais da Canção, tais como: Vocês Sabem Lá, Minha 5ª Sinfonia, Flor sem Tempo, Pauliteiros de Miranda, Estrela da tarde, Ai se os meus olhos falassem, A Cidade, Aquela Janela Virada pro Mar, Carvoeiras, Rosa que te Dei, Cantiga da Rua, ou Quando o Coração Chora... e vários outros êxitos de impacto semelhante.

Uma formação de 5 excepcionais musicos acompanha as duas excelenets vozes dos cantores em todos os temas que são interpretados.

"CANTOS LIVRES"

João Balula Cid e o seu trio, são os responsáveis pelo cenário musical do espectáculo.

Retomando uma postura de canções de intervenção que um grupo de cantautores popularizou num movimento expontâneo – o Canto Livre - antes, durante e depois do 25 de Abril, “Cantos Livres” é um espectáculo que se desdobra entre o evocativo e o actual, relembrando canções de José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Fausto, Vitorino, Manuel Freire, Nuno Gomes dos Santos e Samuel e mostrando canções novas construídas no mesmo espírito de defesa da liberdade e da dignidade.

As canções serão interpretadas por quem viveu esses tempos de resistência, como Nuno Gomes dos Santos e Samuel, e por outras vozes que se assumem, também, como continuadoras de um espírito que defende conceitos que se enquadram no prolongamento de uma actuação interveniente e comprometida, como é o caso de Doris Himmer e de Sandra Costa.

João Balula Cid, um dos grandes pianistas portugueses da actualidade, e o seu trio, são os responsáveis pelo cenário musical do espectáculo.

"TRIBUTO A ARY DOS SANTOS"

Concebido por Nuno Gomes dos Santos

O homem, a vida e a obra. Por este espectáculo passam as canções que mostraram – e continuam a mostrar - ao grande público alguns dos melhores poemas cantados em português, escritos por um homem que figurará para sempre na História da Literatura Portuguesa, talvez o poeta mais amado pelo povo que, ao longo dos anos, continua a cantar a actualidade das suas palavras musicadas por grandes compositores.

No ano da passagem do 30º aniversário da sua morte – Ary despediu-se de nós a 18 de Janeiro de 1984 – queremos homenagear condignamente a sua memória com um espectáculo a que ele próprio gostaria de assistir, já que dele fazem parte amigos seus, ou porque com ele foram cúmplices num quotidiano fecundo de amizade e cultura, ou porque lhe prolongam o talento divulgando a sua obra ímpar nas suas canções de referência.

Concebido por Nuno Gomes dos Santos, este Tributo a José Carlos Ary dos Santos terá o próprio Nuno Gomes dos Santos como pivot e, na interpretação das canções, a reconhecida qualidade de Doris Himmer, Samuel e Sandra Costa, que serão acompanhados pelo Trio de João Balula Cid, um dos grandes pianistas portugueses da actualidade.

Pelo espectáculo passarão canções como “Cavalo à Solta”, “Canção de Madrugar”, “Menina”, “Um Homem na Cidade”, “Estrela da Tarde”, “Desfolhada” ou “Lisboa Menina e Moça”, compostas por nomes incontornáveis da nossa música, como Nuno Nazareth Fernandes, Fernando Tordo, Paulo de Carvalho, José Afonso ou José Luis Tinoco.

Tributo a José Carlos Ary dos Santos é uma homenagem sentida ao homem que escreveu sobre si próprio: serei tudo o que disserem: poeta castrado, não!

"40 POEMAS, 40 IMAGENS, 40 ANOS DE ABRIL"

O espectáculo que os 40º aniversário da Revolução dos Cravos merece.

"40 poemas, 40 imagens, 40 anos de Abril" é um espectáculo que pretende assinalar condignamente a passagem do 40º aniversário do Dia da Liberdade. Poemas, música, fotografia e canções integram este projecto, que conta com nomes que conferem ao mesmo tempo a qualidade que se pretende e a data reclama.

Nuno Gomes dos Santos seleccionou poemas de "antes" (poemas de resistência e de mobilização) e "depois" (poemas de consagração e de alerta), que são ditos por Helena Ramos e Victor de Sousa e cantados por Filipa Pais (músicas de Manuel Freire, Fernando Tordo, samuel, Manuel Loureiro e Nuno Gomes dos Santos. Sandra Bernardo ilustrou, em fotos que serão projectadas no palco), todos os poemas. João Balula traduz, ao piano, as palavras ditas e cantadas

Ary dos Santos, Manuel Alegre, José Gomes Ferreira, Sophia de Mello breyner, Joaquim Pessoa, Jóse Jorge Letria, António Cardoso, José Fanha, Miguel Torga, Carlos Pinhão, Urbano Tavares Rodrigues e José Saramago são alguns dos poetas que passam por esta hora e meia que é um hino à liberdade.

"40 poemas, 40 imagens, 40 anos de Abril" é um espectáculo que o 40º aniversário da Revolução dos Cravos merece.

contactos


+ INFO

  • Rua dos Nenúfares, nº 17 - Belverde, 2845 - 516 Amora - Seixal
  • Tlf: (+351) 213 951 784
  • Tlm: (+351) 919 454 647 . (+351) 936 786 551
  • Email: c2e@net.vodafone.pt
C2e - Concepção e Especiaização de Espectáculos © 2014 - Design by Napron.Love